terça-feira, 7 de julho de 2009

Turim-III

Turim, Itália

2 comentários:

Carlos Pires disse...

De quem? Do Berlusconi? O Jazz seria mais eficaz...

João disse...

Não sei. Pelo que percebi, era uma mensagem de um patrocinador na recuperação de um monumento, que estava coberto com esta faixa.
Mas, sim, concordo que o Jazz é mais libertador.